shopping-bag 0
Items : 0
Subtotal : R$0,00
View Cart Check Out

Single Blog Title

This is a single blog caption

Fábio e Sóbis lamentam: ‘O jogo estava na mão’

Com gosto amargo, a Raposa saiu de Curitiba empatado por 1 a 1 com o Paraná, nesta quarta-feira, pelo Campeonato Brasileiro, que ficará parado por conta da Copa do Mundo.

Insatisfeitos com o resultado de 1 a 1, nesta quarta-feira, diante do Paraná, pela décima segunda rodada do Campeonato Brasileiro, os jogadores do Cruzeiros lamentaram o gosto amargo ao final da partida.

Segundo o goleiro Fábio, o gol sofrido foi fruto de sorte do atacante Silvinho, já que a bola resvalou, antes de entrar no gol, em Ezequiel.

– Ruim (o resultado), estávamos ganhando o jogo, foi gol mais para sorte do que qualidade do adversário. Ele (Silvinho) cabeceou errado, bateu no pé do jogador (Ezequiel) e entrou no canto. Não é bom para a nossa equipe, porque queríamos os três pontos. Nós tentamos, dentro do gramado, tivemos algumas oportunidades, e poderíamos ter saído com resultado melhor – analisou o goleiro cruzeirense à Rádio Super.

O atacante Rafael Sobis, autor do gol cruzeirense, também lamentou o gol. Para ele, a Raposa foi melhor em campo e tinha o jogo na mão, mas acabou sofrendo o empate.

– Um pecado. Tomamos um gol em uma bola despretensiosa. Se eu não me engano, a bola desviou antes de entrar. Tínhamos o jogo na mão. Suportamos bem o jogo, jogamos bem o jogo, tirando aquela jogada. Um campo difícil, barrado. Um pecado, pela circunstância, pelos desfalques, merecíamos a vitória – analisou o atacante.

Agora, os clubes se preparam para a segunda parte do Campeonato Brasileiro, que acontecerá após a realização da Copa do Mundo. Neste período, a disputa ficará paralisada.

Leave a Reply